Apoios

Amigos em Casa

As ruas onde diariamente passamos, escondem realidades inimagináveis.

Atrás das paredes existem pedaços de desumanidade incalculáveis, tantas vezes descobertos pelos(as) voluntários(as) do Velhos Amigos. Tendo conhecimento dessas realidades escondidas, somos impulsionados a intervir, apoiando na debelação das necessidades sentidas pelos(as) idosos(as) que nas casas se refugiam.

É, em subordinação a este mote, que a ATLAS submeteu uma candidatura à segunda edição do Programa VINCI para a Cidadania propondo, no eixo de “Inclusão pela Habitação”, o Projeto Amigos em Casa. A premissa é sustentada pelo melhoramento das condições de habitabilidade das casas dos(as) idosos(as), contribuindo para um aumento do seu bem-estar, conforto e segurança. Pretendemos, com este Projeto, dar resposta às necessidades habitacionais dos nossos Velhos Amigos, respondendo às situações de precariedade e às carências habitacionais por eles sentidas.

Neste seguimento, é, com toda a motivação e entusiasmo, que a ATLAS, com o Projeto Amigos em Casa, foi uma das catorze contempladas com o apoio disponibilizado pelo Programa VINCI para a Cidadania. O Projeto foi um dos selecionados de entre os 65 projetos candidatos a esta segunda edição do suprarreferido Programa.

O Projeto Amigos em Casa objetiva a recuperação dos espaços habitacionais degradados ou inacabados de idosos(as) que vivem em isolamento social e vulnerabilidade económica.

Vamos, numa primeira fase e com o apadrinhamento da VINCI, reabilitar espaços habitacionais requerentes de intervenção urgente, através do equipamento com mobiliário e eletrodomésticos, de ações de limpeza e desinfestação e de ações de reconstrução (pintura, canalização, eletricidade, pintura, pavimentação) e remoção das barreiras arquitetónicas.

Pretendem-se casas amigas dos idosos, funcionais e seguras, que concedam melhores condições de habitabilidade, de molde a adiar a residencialização em Estruturas Residenciais para Idosos e a favorecer um ambiente doméstico mais favorável ao envelhecimento.

De molde a asseverar a sustentabilidade do Projeto (e porque se pretende uma resposta continuada), a ATLAS trabalhará a mobilização da sociedade civil e entidades públicas e privadas, com vista a que, a longo prazo, continue a ser possível dar respostas às necessidades das habitações dos(as) idosos(as).

Programa VINCI Para a Cidadania | LinkedIn
Mais informações sobre o prémio  aqui

RITA PRATAS

Assistente Social na
ATLAS – People Like Us

Ler Mais

ATLAS vence Prémio Fidelidade Comunidade

O Prémio Fidelidade Comunidade decorre no âmbito da estratégia de envolvimento com a comunidade e no quadro do programa de responsabilidade social da Fidelidade. Este tem como missão o fortalecimento do setor social através do apoio a instituições que desenvolvam a sua atividade nos temas da inclusão social de pessoas com deficiência ou incapacidade, prevenção em saúde e envelhecimento.

A ATLAS – Associação de Cooperação para o Desenvolvimento foi uma das 17 entidades distinguidas com o Prémio Fidelidade Comunidade, entre as 321 candidatas , em 2019.

Provenientes de todo o país, com 74% das entidades a proporem projetos de iniciativas para os beneficiários e 26% com propostas para o seu Desenvolvimento. Em termos de eixos de intervenção, 40% das candidaturas focam-se na Inclusão social de pessoas com deficiência ou Incapacidade, 40% no Envelhecimento e 20% na Prevenção em saúde.

A aferição das 17 instituições sociais vencedoras ficou a cargo de um júri independente composto por Maria de Belém, Madalena Santos Ferreira, Isabel Capeloa Gil, Filipe Almeida e Jorge Magalhães Correia.

Impacto

Com o Prémio Fidelidade Comunidade vai-nos ser possível a implementação de uma plataforma de CRM, a reformulação e criação de peças de comunicação para divulgação da organização e a contratação de um serviço de consultoria para definição do plano estratégico e de crescimento, com vista a garantir a sustentabilidade e crescimento.

Conheça os 17 vencedores da edição de 2019 aqui.

Ler Mais

Portugal Inovação Social apoia combate ao Isolamento Social de Idosos

A Portugal Inovação Social é uma iniciativa pública que visa promover a inovação social e dinamizar o mercado de investimento social em Portugal. Com diversos instrumentos de financiamento apoiam projectos que proponham abordagens alternativas e inovadoras para responder a problemas sociais.

Desde 2009, a Atlas mobiliza a sociedade civil para a problemática do Isolamento Social na população Idosa. Ao longo desta década o envolvimento de grupos de voluntários e empresas parceiras permitiram alargar o impacto deste projecto e contribuir para apoiar mais pessoas e atingir novas regiões. Em 2018 o Projeto Velhos Amigos contou com a colaboração de 288 Voluntários em 4 cidades –Coimbra, Leiria, Marinha Grande e Pombal – e com a colaboração de diferentes parceiros locais (restaurantes, empresas, instituições e particulares) que se demonstraram essenciais para se ter conseguido a entrega de 6152 refeições quentes aos beneficiários do Velhos Amigos.

Com o objetivo de introduzir o acompanhamento contínuo e estimulação cognitiva e socialização através da utilização de ferramentas digitais, acrescido à sua atuação regular, a ATLAS submeteu em Setembro de 2019 uma candidatura ao instrumento de financiamento Parcerias para o Impacto, no âmbito do Portugal Inovação Social, Programa Operacional Inclusão Social e Emprego.

Com a aprovação deste projeto é mantida a génese do projeto Velhos Amigos com a mobilização da sociedade Civil e a entrega de refeições e é permitida uma acrescida monitorização e acompanhamento do bem-estar e qualidade de vida. Este projeto, visa no total 90 pessoas com mais de 65 anos dos municípios de Pombal, Leiria, Marinha Grande e Batalha concretizando-se num aumento de pessoas apoiadas e na entrada numa nova localidade.

No âmbito da Mobilização da Sociedade Civil a Atlas vai realizar ações com o objetivo de criar, manter e divulgar a rede e o projeto Velhos Amigos. Para além da procura de voluntários e o alargamento da rede de parceiros objetiva-se o apoio na sinalização de idosos que se encontram em situação de isolamento ou vulnerabilidade.

As relações criadas entre idosos e voluntários assim como o tempo que partilham é o “cerne” do projecto Velhos Amigos. As refeições doadas permitem minimizar problemas de subnutrição, garantindo refeições completas e nutricionalmente equilibradas. As refeições, cedidas pelos restaurantes parceiros, permitem entregar a cada Velho Amigo de uma refeição quente todos os fim-de-semana. O grupo de voluntários da Atlas leva as refeições e aproveita este momento para outras ações.

O objetivo último desta iniciativa é promover a inclusão social e bem-estar dos nossos Velhos Amigos, mantendo-os no centro da atuação!

Plataforma de Treino Cognitivo

Para a Monitorização e Acompanhamento, para além do contacto semanal com os voluntários será utilizada uma Plataforma de Treino cognitivo e Socialização e o Dispositivo de Georreferenciação.

A Plataforma de Treino cognitivo e Socialização permite medir, treinar e monitorizar as áreas cognitivas bem como a realizar videochamadas e ter acesso a uma rede social privada e segura. É de realçar que a Plataforma permite criar e adaptar os planos de treino cognitivos através da aplicação de mecanismos e algoritmos inteligentes, personalizando e ajustando os treinos às especificidades e necessidades de estimulação da pessoa.

O Dispositivo de Georreferenciação permite um acompanhamento da pessoa em ambiente domiciliário e no exterior. Através de um pedido SOS accionado pela pessoa ou da detecção de queda é realizada uma chamada de forma automática e em alta-voz.

A Ficha de Projeto pode ser consultada aqui.

Portugal 2020

  • Nº da Candidatura: POISE-03-4639-FSE-000627
  • Programa Operacional: Programa Operacional Inclusão Social e Emprego
  • Título da Operação: Velhos Amigos
  • Tipologia da operação: 3.33 Programa de Parcerias para o Impacto
  • Financiamento Público: 125 871.70€
  • Financiamento Privado: 53945.
Ler Mais